Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Poupanças e Investimentos Seguros

Poupanças e Investimentos Seguros

Poupanças e Investimentos Seguros

Poupanças e Investimentos Seguros

30
Set13

Tesouro está mais brilhante

adm
É nos títulos de dívida pública com prazo entre 5 e 11 anos que encontra o rendimento anual líquido igual ou superior a 5%. Por isso, estendemos o nosso protocolo para investir em Obrigações do Tesouro a estas maturidades

A sombra de um novo resgate ainda paira no ar e uma restruturação da dívida é uma possibilidade que não se deve colocar totalmente de parte. A prova disso é que, nos últimos meses, a redução dos preços a que as Obrigações do Tesouro são negociadas conduziu a um aumento do rendimento que estes títulos podem dar aos aforradores. Para muitos investidores está na hora de investir, aproveitando estas cotações mais baixas e o rendimento potencial se as mantiverem até à maturidade.


Adquirir títulos do Tesouro é emprestar dinheiro ao Estado e uma boa forma de rentabilizar as suas poupanças a médio e longo prazo, com capital garantido. A emissão de Obrigações do Tesouro é a principal fonte de financiamento do Estado, sendo a sua comercialização feita primeiro no mercado primário, no qual apenas os investidores institucionais podem aceder, e, depois, em mercado secundário, no qual todos podem adquirir estes títulos à cotação de mercado. Embora seja uma aplicação interessante, recomendamos o investimento em Obrigações do Tesouro apenas se tiver mais de 2.500 euros para investir, de forma a diluir os custos da operação de compra. Além disso, não coloque mais de 25% das suas poupanças em dívida pública, o que inclui Certificados de Aforro.


Para ter a garantia que regista o rendimento implícito no preço de compra da obrigação é necessário manter os títulos até ao vencimento. Por isso, apenas aplique o dinheiro que tem a certeza de que não irá necessitar até à data de maturidade das obrigações. Escolher uma maturidade desajustada das suas necessidades (por exemplo, se for demasiado longa), pode trazer-lhe dissabores. Claro que pode sempre transacionar a obrigação na bolsa, mas, neste caso, não está garantido o capital, pois terá de a vender à cotação de mercado.


Rendimento interessante
Se, em 2011, a desconfiança dos investidores face a Portugal atingiu o seu máximo, recentemente, a crise política trouxe de novo a sombra das dúvidas ao mercado de dívida pública. No início de julho, os preços pagos nos negócios sobre muitas Obrigações do Tesouro traduziam-se em taxas anuais efetivas líquidas acima dos 7%. Atualmente, os mercados estabilizaram um pouco e encontram-se remunerações anuais líquidas entre 5,0% e 5,4% para títulos com maturidade entre 5 e 11 anos. Estas taxas estão garantidas desde que mantenha as Obrigações do Tesouro até ao vencimento, assumindo que o Estado pagará todos os juros e o reembolso de capital como prometido.

 

 

Recomendamos o investimento em Obrigações do Tesouro apenas se tiver mais de 2.500 euros para investir, de forma a diluir os custos da operação de compra.

 


A negociação das obrigações pode ser feita na bolsa, à semelhança das ações nacionais. Por isso, terá de recorrer a um intermediário financeiro para efetuar a aquisição. Para evitar pesados custos de transação e facilitar o investimento em dívida pública, negociámos para si um protocolo com a sociedade gestora Optimize, de forma a minimizar custos e facilitar o investimento em dívida pública.


Antes de adquirir uma obrigação, tenha também atenção à cotação, pois dela depende o rendimento, e mantenha o título até à maturidade para conseguir esse rendimento. No nosso portal, além do quadro diariamente atualizado, pode simular quanto pode ganhar ao investir nas Obrigações do Tesouro.

 

 

 

Obrigações do Tesouro com condições especiais

 

O protocolo PROTESTE INVESTE/Optimize facilita a aplicação em Obrigações do Tesouro pelos nossos subscritores. Às contas Optimize Gestão Privada - Tesouro 24 meses e Tesouro 5 anos acrescentamos agora a conta Tesouro 10 anos, para que possa aproveitar o rendimento potencialmente superior da dívida pública de prazos mais longos. Para saber mais, vá a deco.proteste.pt/investe/protocolos ou telefone para o número 808 200 147 (218 418 789 da rede móvel). Os subscritores da PROTESTE INVESTE podem aceder a estas contas da Optimize com montante mínimo e custo inferiores aos restantes investidores: 10 mil euros (em vez de 20 mil euros) e comissão anual de gestão de 0,5% (em vez de 1%).

 

 

 

 

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/e

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D